Pesquisar
Close this search box.

Lula está no Egito para visita oficial de 2 dias

A viagem ao continente africano contempla também a Etiópia, onde o presidente brasileiro participa como convidado da Cúpula de Chefes de Estado e Governo da União Africana.
Chegada de Lula no Egito - Foto: Ricardo Stuckert

Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp

Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou hoje, quarta-feira (14), à capital do Egito, Cairo, para uma visita de dois dias. As atividades oficiais terão início nesta quinta-feira (15), com uma reunião com o presidente egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi, seguida pela assinatura de acordos bilaterais e uma declaração à imprensa. Lula também está programado para visitar a sede da Liga dos Estados Árabes.

Essa é a segunda viagem oficial do presidente ao continente africano durante seu terceiro mandato. No ano passado, em agosto, Lula visitou três países: África do Sul, Angola e São Tomé e Príncipe.

Temas como combate à desigualdade e à fome, transição energética e mudanças climáticas, reforma das instituições internacionais e ampliação do comércio entre o Brasil e os países africanos estão entre os tópicos que o presidente Lula planeja abordar nessa viagem ao continente, que também incluirá uma visita à Etiópia.

A visita ao Cairo marca o centenário das relações diplomáticas entre Brasil e Egito. Atualmente, o Egito é o segundo maior parceiro comercial do Brasil na África, ficando atrás apenas da Argélia. Em 2023, o comércio bilateral entre os dois países atingiu US$ 2,8 bilhões, com o Egito exportando US$ 489 milhões em produtos para o Brasil e importando US$ 1,83 bilhão em produtos brasileiros. A expectativa é que o comércio entre as nações cresça nos próximos anos, especialmente após a abertura do mercado egípcio para diversos produtos brasileiros em 2023, como peixes, carne de aves, algodão, bananas, gelatina e colágeno.

O Egito se tornou membro do Brics em 2024, juntando-se a outras economias emergentes como Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O país africano também foi convidado para participar do G20 pelo governo brasileiro, que atualmente preside o bloco das 20 maiores economias do mundo.

ETIÓPIA

Após sua visita ao Egito, o presidente Lula seguirá para Adis Abeba, capital da Etiópia, onde participará como convidado da Cúpula de Chefes de Estado e Governo da União Africana nos dias 16 e 17. Reuniões bilaterais também estão agendadas, com a presença esperada do secretário-geral da ONU, António Guterres, e do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.