Pesquisar
Close this search box.

Oficina gratuita de bordado quer promover socialização, vida saudável e aprendizado para idosos em Fortaleza

A oficina faz parte do projeto ConvivER, que visa criar uma comunidade com o propósito de gerar conviver e aprendizado ou, até mesmo, criar um costume mais saudável para o cotidiano das pessoas

Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp

A ideia é estimular que os participantes descubram ou aprimorem as habilidades manuais e assim ressignificar o envelhecimento com mais qualidade de vida e inclusão social_

Manter-se ativo, receber atenção, participar de atividades de lazer e esporte são essenciais visando uma longevidade saudável. Nesse sentido, o Complexo de Saúde Emilio Ribas promove, nesta quinta-feira, 2, uma oficina de bordado livre para idosos com a professora Nacha Hernandéz. Com vagas limitadas, o evento é gratuito.

O bordado surge como uma boa alternativa para ser trabalhado. Entre os benefícios da atividade é possível ter uma melhora da coordenação motora e o estímulo do cérebro.

“Atividades manuais como o bordado ativam áreas do cérebro responsáveis pela atenção, concentração e memória”, afirma Manuela Dantas, psicóloga do Emilio Ribas.

É como um exercício para o cérebro.

“Reduz o estresse, a ansiedade, melhora as articulações, além de auxiliar a lidar com seus próprios limites e adversidades, assim como tem benefícios no convívio, ao compartilhar e vivenciar experiências com outras pessoas”, declara Manuela.

A oficina faz parte do projeto ConvivER, que visa criar uma comunidade com o propósito de gerar conviver e aprendizado ou, até mesmo, criar um costume mais saudável para o cotidiano das pessoas. A aula acontece às 16h, no Centro de treinamento da Unidade Meireles (Avenida Barão de Studart, 1001).

Serviço

Data: 02/02
Horário: 16h
Onde: Avenida Barão de Studart, 1001
Inscrições: https://emilioribas.com.br/eventos/conviver-workshop-de-bordado-livre/